20/03/11

conversas portuguesas


- Por favor, diga-me, para que lado fica o Rossio?


- Tu és um labirinto. E eu sem mapa. Orienta-me, vá lá. Podes dar-me a mão, um labirinto é um lugar difícil, temos de ser uns para os outros para não nos perdermos.

- O Rossio! O Rossio!

- Sempre em frente, sempre a descer.


Sem comentários: