24/04/10

justiça, juízes, advogados, democracia


Um diz que não disse, entretanto não tendo ouvido tudo o que o outro disse. Este, confirma a opinião que já tínhamos sobre a sua inteligência e sobre o seu sentido do bem público.
O outro reafirma e explica o que disse, prestando um serviço público.
Um vídeo esclarecedor.



1 comentário:

Anónimo disse...

Acho que o "meritissimo" conseguiu uma "proeza": por toda a gente a "disparar" mas nada de falarem sobre o caso em apreço.
O que se deviam discutir era o mérito do acordão proferido que foi a razão pela qual o Dr. Fernandes se insurgiu.