05/04/11

o grão Bagão

2 comentários:

Anónimo disse...

Deveríamos exigir as actas do Conselho de Estado, pois só assim saberíamos a verdade.Se as actas ficarem no recato dos arquivos, será a palavra de uns contra a de outros.Muito enxovalhada anda a verdade neste Portugal.

Francisco Cavaco

Porfirio Silva disse...

Francisco,
Acho - desculpa a franqueza - uma reivindicação assassina essa de pedir as actas. Chegámos ao ponto em que ninguém percebe a importância de nem tudo servir para luta na praça pública? Nem o conselho de estado escapa à coscuvilhice? O que noto é que foi preciso Bagão chegar ao conselho de estado para isto acontecer.