09/02/10

liberdade de imprensa


Basta andar pela rua e ver os escaparates dos quiosques de jornais para perceber que a imprensa não é livre em Portugal. E só títulos a tecer loas ao governo. E críticas aos governantes, nenhuma, em jornal nenhum.
Além do mais, os grandes patrões da comunicação social são todos históricos do PS, enquanto os meios da oposição não têm acesso, sequer, a uma grande televisão. Veja-se o caso de Pinto Balsemão, esse grande socialista.
Na verdade, um socialista bom é um socialista silenciado. Como é sabido, é histórico que seja a direita a mandar nas empresas, nos bancos, nessas coisas que interessam. Mexer nisso, ou sequer pensar em mexer nisso, ou mesmo que seja falar nisso em privado, deve ser duramente causticado.
Ou não será assim?

Sem comentários: