14/02/12

nem as linhas de torres nos safam.


O sujeito da frase, ou oração ou declaração ou o que seja, não temos de ser nós. Podem ser os nossos por nós. Ou os outros por nós. Mas o céu acabará por nos cair nas cabeças se não o segurarmos. Nem que seja com as cabeças, com as inteligências, ou com as mãos. A inteligência das mãos.


by Jasper Johns

Sem comentários: