04/01/11

escrever com os pés


Quem não acredite na força das palavras sobre o mundo, na capacidade da escrita para perturbar o funcionamento do sistema solar, deveria ler mais vezes a imprensa para entender o universo. Leia-se, sob o título corriqueiro Nuvens tapam em Portugal primeiro eclipse parcial solar de 2011, esta notícia tão humilde: «O primeiro eclipse parcial do Sol deste ano ocorre esta terça-feira de manhã mas, apesar de poder ser observado na Europa, não será visível em Portugal devido à previsão de nebulosidade
Não se prevê que o eclipse não seja visível em território nacional por causa da nebulosidade.
Não é que haja uma previsão de nebulosidade que, a confirmar-se, impedirá a observação do eclipse.
O fenómeno é muito mais profundo: o eclipse não será observado por causa de uma previsão. Sendo isso verdade, se a previsão não tivesse sido produzida o eclipse poderia ser observado.
Nesse caso, quem fez a previsão da nebulosidade é que tem a responsabilidade por não termos podido contemplar o eclipse.
Ou não?

Sem comentários: