23/05/14

as sugestôes do João Miguel.




[o que é isto?]



Para conseguirmos faire marcher le devoir et l'amour. (Carmen, 2º acto)


No cumprimento do objectivo de acinzentar (mais rigorosamente: enegrecer) as nossas vidas, o Ali Bábá de Massamá vai acabar com a gratuitidade das visitas dominicais aos Museus: a partir de 1 de Junho só é aplicável no primeiro domingo de cada mês. O mesmo diploma fixa em 10€ a entrada nos Jerónimos e cria 14 modalidades de bilhetes-circuito (agregação de várias entradas num único título, válido por um ano). Esta iniciativa pode atenuar o agravamento de preços, mas quando do assalto aos utentes dos transportes públicos não usaram o argumento da simplificação tarifária para eliminarem as modalidades menos dispendiosas? (Um exemplo: acabaram com o passe do Metro, obrigando à compra do Passe Metro e Carris). Claro que ele tem mentiras maiores …
Já está disponível a programação da Gulbenkian Música 14/15 (vou analisar logo que conclua esta edição).

Fui a Cascais para:
  • visitar a exposição: Os Relógios de Sol e a Matemática, no Forte de S. Jorge de Oitavos. Interessantíssima! Pena que não tenha um «catálogo» para guardar, estudar e recordar. Assim, tive de tirar apontamentos (4 preciosas páginas A5), ultrapassando a hora de fecho, sem ser interrompido nem incomodado!
  • assistir à conferência: A Viagem em William Shakespeare, por Mário Vítor Bastos (apresentado como Prof. Universitário especialista em Shakespeare). Uma desgraça! Um alinhamento de lugares comuns ao nível da TV generalista. Completa ausência de associações e de ideias relativas ao tema. O Sr. Prof. nem se lembrava da outra peça, para lá do Mercador de Veneza, que se passa em Veneza … Se (por lapso) voltar a sugerir uma conferência dele, não vá!

Uma sugestâo do Jorge Calado (recebida às 23h30): Vim agora da Gulbenkian do "Written on Skin" - uma experiência inolvidável. A melhor ópera dos últimos cem anos? Avisa os subscritores das Sugestões. … e para notarem a harmónica de vidro (copos), instrumento fundamental no Written on Skin. (Dica: falo da harmónica no Haja Luz!, a propósito do Benjamin Franklin) Os detalhes: última oportunidade, sexta-feira, dia 23, às 19h00, na Gulbenkian (imensos lugares disponíveis de 11 a 22€).


A decorrer:
  • Abertas inscrições para a visita guiada Um Percurso pelo Modernismo Português: Bairro Residencial de Nova Oeiras, às 10h00, de 28 de Maio (0€; 214 408 536, 214 408 544, dct@cm-oeiras.pt)
  • De 29 de Maio a 15 Junho, no Parque Eduardo VII, Feira do Livro.

(Se o texto parece acabar aqui, clicar em Read More para ver as sugestões por dia.)




Sexta-feira, dia 23

  • às 16h00, na Mezzo, La Bohème, de Giacomo Puccini (2009; MET; maestro Nicola Luisotti, encenação Franco Zeffirelli, Angela Gheorghiu (Mimi) Ramón Vargas (Rodolfo), Ainhoa Arteta (Musetta), Ludovic Tézier (Marcello), Oren Gradus (Colline), Quinn Kelsey (Schaunard) e Paul Plishka (Benoit, Alcindoro); 132’; repete dia 27, às 17h00)
  • às 18h30, na Casa Fernando Pessoa, Premiados PEN Clube: Rosa Maria Martelo e Fernando Rosas (0€)
  • às 18h30, na Culturgest, ciclo Portugal – Propostas para o Futuro, conferência: Investimento para competir na Globalização, com André Jordan, Carlos Brazão, Pedro Lima e Fernando Bello (moderador) (senhas a partir das 16h00, com transmissão em http://www.culturgest.pt/)
  • às 19h00, no El Corte Inglés, sessão do ciclo de conferências e debates Pensar Portugal: Educação e Liberdade de Escolha, com o autor Paulo Guinote (0€, inscrição prévia em: Ponto de Informação, Piso 0, ou relacoespublicas@elcorteingles.pt)
  • às 19h00, no Palácio da Ajuda, concerto Antena 2, recital de música de câmara (F. Schubert, N. Côrte-Real e W. A. Mozart), pelo Ensemble Darcos
  • às 19h00, no Palácio Foz, recital de música de câmara (F. Mendelssohn e D. Schostakowitsch), pelo Trio do Desassossego: Catarina Gonçalves (violoncelo), Pedro Lopes (violino) e Ricardo Vicente (piano) (0€)
  • às 21h00, no Teatro Ibérico, O Basculho da Chaminé, partitura de Marcos Portugal e libreto de Guiseppe Maria Foppa e A Saloia Enamorada, partitura de Leal Moreira (repete dias 24, às 21h00, e 25, às 17h00; 12,5€ max)
  • às 21h10, na ARTE, Naturopolis – Tokyo, de la mégapole à la ville-jardin (50’)
  • às 21h30, no Grande Auditório da Gulbenkian, recital (Dvorák e Rimsky-Korsakov) do ciclo Solistas da Orquestra Gulbenkian (0 €)
  • às 21h30, na Cinemateca, Oxalá, de A. P. Vasconcelos
  • às 22h00, no Café Saudade, Sintra, Saudade ao Vivo, com os Terraza
  • às 23h00, na Fábrica Braço de Prata, Júlio Resende; às 24h00, Orquestra Libertina; às 24h30, Maria Anadon (5€)
  • às 23h00, na ARTE, Mademoiselle Kiki et les Montparnos (14’)
  • às 23h26, na RTP2, Livre Pensamento - episódio 5/13: Portugal e o Mar, de Tiago Pitta e Cunha
  • às 27h30, na TV5, Mediterraneo: Lisboa (o 28), Balkans, … (27’)

Sábado, dia 24

  • às 10h30, na Gulbenkian, visita: As coberturas do Jardim Gulbenkian (5€)
  • às 12h10, na TSF, Encontros com o Património: Sétima Colina, 20 anos depois
  • às 12h30, na RTP2, A Verde e a Cores (nova série; 27’)
  • às 16h00, na Livraria Bulhosa (Entrecampos), leitura encenada A Selva, de F. de Castro
  • às 16h00, no Jardim da Parada, Instituto Superior de Agronomia, concerto Música na Floresta, com Orquestra de Foles (0€, inscrição prévia em concerto@isa.ulisboa.pt)
  • às 16h00, no Museu do Neo-Realismo, Outro País, de Sérgio Tréfaut (0€)
  • às 18h05, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°1 Ina Archives; 47’, repete dia 26 às 22h55 e dia 29, às 27h00)
  • às 21h30, no Museu do Oriente, Beyond Dust and Bones (o som orgânico e ancestral encontra-se com o digital …), pelo OCO (10€, com oferta do CD)
  • às 21h30, no Teatro-Cine de Torres Vedras, Temporada Darcos: A Bicicleta do Poeta (J. S. Bach, J. Eduardo Rocha, N. Côrte-Real e W. A. Mozart), com o Ensemble Darcos (5€)
  • às 21h30, no Café Saudade, Sintra, Leituras no Café Saudade (tertúlia literária): Poesia de Alberto Caeiro, dinamizadas por Vítor Pena Viçoso (0€)
  • às 23h30, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°3 Ina Archives; 55’, repete dias 26 às 26h40, 27 às 24h20 e 30, às 12h30)

Domingo, dia 25

  • às 10h15, na ARTE, Metropolis – San Sebastien (43’)
  • às 11h00, no Museu Gulbenkian, visita, Sempre aos Domingos: Uma história do vestuário através da Colecção Gulbenkian (2€)
  • às 11h05, na ARTE, Sublimes Bars Du Monde: episódio 4/4 – Drôle d’abri pour un cocon (26’)
  • às 11h30, na ARTE, Philosophie: Art Contemporain (29’)
  • às 12h00, Domingos com Arte no CAM (Centro Arte Moderna da Gulbenkian), Nadia Kaabi-Linke – Preso por Fios (2€)
  • às 16h30, na Igreja da Piedade, Santarém, ciclo: Órgãos históricos de Santarém – Corais de J. S. Bach para o Ano Litúrgico, com Solistas da Schola Cantorum da Catedral de Santarém e João Vaz (órgão)
  • às 17h00, na Sacristia do Mosteiro de Alcobaça, concerto Herança Sacra, com Lisboa a Cappella (0€)
  • às 21h00, no Teatro do Bairro (Rua Luz Soriano, 63), ciclo Domenica Al Cinema (cinema italiano contemporâneo): È stato il figlio, de Daniele Ciprì (0€)

Segunda-feira, dia 26

  • às 8h30, na Mezzo, Te Deum (na Igreja de São Roque a 31 Dezembro de 2013), com Coro Gulbenkian e Orquestra Divino Sospiro dirigidos por Jorge Matta, Deborah York (soprano), Joana Seara (soprano), Terry Wey (contra-tenor), Fátima Nunes (contralto), João Rodrigues (tenor), Pedro Cachado (tenor), Hugo Oliveira (barítono), André Baleiro (baixo) (90’, repete dia 28, às 19h30)
  • às 17h00, na Academia das Ciências, conferência do ciclo Portugal e Espanha – através dos tempos, último século: As Relações Comerciais Luso-Espanholas, por António Vieira Monteiro (0€)
  • às 17h00, na Mezzo, La Cenerentola, de Gioachino Rossini (2009; MET; maestro Maurizio Benini, encenação Cesare Lievi, Elina Garanca (Angelina), Lawrence Brownlee (Prince Ramiro), Simone Alberghini (Dandini), Alessandro Corbelli (Don Magnifico), Rachelle Durkin (Clorinda), Patricia Risley (Tisbe); 164’)
  • às 21h30, na Casa da Achada, Amanhã (2003, 18 min.) e Dina e Django (1982, 90 min.), ambos de Solveig Nordlund (0€)
  • às 21h30, no Palácio Foz, Dido e Eneias (?) (H. Purcell), por Sílvia Mateus (encenação e direção musical) e Francisco Sassetti, (piano) (0€)
  • às 21h30, na sacristia da Igreja de Santa Cruz, Coimbra, conferência: O Pentecostes, de Grão Vasco, por Virgínia Gomes e Padre Anselmo (0€)
  • às 22h04, na RTP2, Visita Guiada - episódio 13/13: Museu Soares dos Reis, Porto
  • às 22h35, na ARTE, Divórcio à Italiana, de P. Germi (101’)
  • às 22h55, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°1 Ina Archives; 47’, repete dia 29, às 27h00)
  • às 26h40, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°3 Ina Archives; 55’, repete dias 27 às 24h20 e 30, às 12h30)

Terça-feira, dia 27

  • às 12h40, na RTP2, Visita Guiada - episódio 11/13: Museu Nacional de Arte Contemporânea-Museu do Chiado, Lisboa
  • às 14h00, no Auditório Municipal Maestro César Batalha, Galerias Alto da Barra, Oeiras, Masterclass da História do Cinema O Melhor do Cinema Inglês (1935-2000): Com Jeito Vai Mestre, de G. Thomas (senhas a partir das 13h30)
  • às 17h00, na Academia das Ciências, conferência do ciclo Portugal e Espanha – através dos tempos, último século: A Influência de Ferran Adrián nos Cozinheiros Portugueses, por José Avillez (0€)
  • às 17h00, no Auditório Municipal Maestro César Batalha, Galerias Alto da Barra, Oeiras, Masterclass da História do Cinema O Melhor do Cinema Inglês (1935-2000): Com Jeito Vai Mestre, de G. Thomas (senhas a partir das 16h00)
  • às 17h00, na Mezzo, La Bohème, de Giacomo Puccini (2009; MET; maestro Nicola Luisotti, encenação Franco Zeffirelli, Angela Gheorghiu (Mimi) Ramón Vargas (Rodolfo), Ainhoa Arteta (Musetta), Ludovic Tézier (Marcello), Oren Gradus (Colline), Quinn Kelsey (Schaunard) e Paul Plishka (Benoit, Alcindoro); 132’)
  • às 17h30, na TV5, Deux de la Vague (filme-documentário: a relação entre Jean-Luc Godard e François Truffaut) (94’)
  • às 18h00, no Museu do Azulejo, projecção: Azulejos – Une Utopie Céramique, de Luís de Moura Sobral (0€)
  • às 18h30, no Auditório do Instituto Cervantes, projecção: La ilusión viaja en tranvía, de L. Buñuel (0€)
  • às 18h30, no Palácio da Ajuda, conferência Os cabedais nas artes decorativas europeias dos séculos XVI a XVIII, pela Dr.ª Lina Falcão
  • às 19h00, na Casa Fernando Pessoa, conferência: Seamus Heaney 10 anos depois, por Rui Carvalho Homem (0€)
  • às 19h04, na TV5, La Nuit Américaine d'Angélique (animação: d’après La Nuit Américaine de François Truffaut) (10’)
  • às 22h00, na RTP2, Entre Imagens - episódio 13/13: Daniel Blaufuks (25’)
  • às 24h20, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°3 Ina Archives; 55’, repete dia 30, às 12h30)

Quarta-feira, dia 28

  • às 12h30, na RTP2, Entre Imagens - episódio 11/13: João Tabarra (25’)
  • às 15h30, na Mezzo, Boris Godounov, de Modest Moussorgski (ano ?; MET; Valery Gergiev (maestro), René Pape (Boris Godounov), Oleg Balashov (Prince Chouïski), Mikhail Petrenko (Pimène), Aleksandrs Antonenko (Grigori), Ekaterina Semenchuk (Marina), Evgeny Nikitin (Rangoni), Vladimir Ognovenko (Varlaam), Andrey Popov (L'Innocent), …; 201’)
  • às 18h00, no Museu Nacional de Arte Antiga, obras em foco 2014: Êxtase de São Francisco (Luca Giordano, c. 1665) (0 €)
  • às 18h30, na Culturgest, ciclo Estética e Política entre as Artes, conferências: Arte, dispositivos e operações, por Teresa Cruz e Será possível uma crítica de arte que não utilize categorias clínicas?, por Nuno Nabais (senhas a partir das 18h00, com transmissão em http://www.culturgest.pt/)
  • às 18h30, na Galeria Fernando Pessoa do Centro Nacional de Cultura, Largo do Picadeiro, 10 - 1.º, conferência: Economia de exclusão, idolatria do dinheiro e pessimismo estéril - que respostas, com Padre Pereira de Almeida, Alfredo Bruto da Costa e Eduardo Paz Ferreira (0 €)
  • às 19h30, na Mezzo, Te Deum (na Igreja de São Roque a 31 Dezembro de 2013), com Coro Gulbenkian e Orquestra Divino Sospiro dirigidos por Jorge Matta, Deborah York (soprano), Joana Seara (soprano), Terry Wey (contra-tenor), Fátima Nunes (contralto), João Rodrigues (tenor), Pedro Cachado (tenor), Hugo Oliveira (barítono), André Baleiro (baixo) (90’)
  • às 21h00, no Mercado de Fusão, na Praça do Martim Moniz, 2º Open Air Cinema: Music Box Club Docs - Linda Martini, de Paulo Prazeres (0€)

Quinta-feira, dia 29

  • às 13h25, na Casa-Museu Medeiros e Almeida, Pausa para a Arte: Peças comemorativas da Vista Alegre (0€)
  • às 16h00, na Mezzo, Carmen, de G. Bizet (2012, Ópera de Lyon, maestro Stefano Montanari, encenação Olivier Py Josè Maria Lo Monaco (Carmen), Yonghoon Lee (Don José), Giorgio Caoduro (Escamillo), Elena Galitskaya (Frasquita), Nathalie Manfrino (Micaëla), Angélique Noldus (Mercedes); 160’)
  • às 18h00, na Casa da Achada, ciclo histórias da História: 28 de Maio de 1926, com Maria Helena Carvalho dos Santos. (0€)
  • às 18h00, no Museu do Oriente, conferência Oriente e Ocidente: Entre a Fábula e a Geometria. Bordados Indianos da Colecção do MNAA, Teresa Pacheco e Patrícia Milhanas Machado (0€)
  • às 19h00, no Institut Français du Portugal, Bar das Ciências: Cérebro, Sexo e Liberdade, com Catherine Vidal (0€)
  • às 19h30, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°2 Ina Archives; 53’)
  • às 21h30, na Casa Fernando Pessoa, Os Espaços em Volta do Futebol, com António Mega Ferreira, José Neves e José Nunes (0€)
  • às 21h30, na Casa da Cidadania - Fórum Lisboa (antigo Cinema Roma), Bom Povo Português, de Rui Simões (versão original legendado em francês) (0€)
  • às 21h30, no Auditório da Biblioteca Municipal de Oeiras, conferência do ciclo Conversas na Aldeia Global: Direitos e Deveres dos Cidadãos, com Mariana França Gouveia e Vasco Trigo (0€)
  • às 27h00, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°1 Ina Archives; 47’)

A seguir:

  • Dia 30, às 12h30, na Mezzo, Festival de Jazz de Cannes 1958 (Compilation N°3 Ina Archives; 55’)
  • Dia 30, às 19h30, no auditório do Goethe Institut, recital, por Joachim Kühn (piano) (0€; inscrição prévia: jigg@lissabon.goethe.org )
  • Dia 31, às 15h30, na Cinemateca, French CanCan, de J. Renoir
  • Dia 31, às 17h00, na Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, em Beja, 10º edição do Festival Terras Sem Sombra, conferência: A violeta - Perenidade de um Instrumento Injustiçado, por Alexandre Delgado (0€)
  • Dia 31, às 18h00, no Museu da Música Portuguesa (Casa Verdades Faria, no Monte-Estoril), recital (Zoltán Kodály, Schubert e Brahms), por ARTrio: Nuno Soares (violino), Miguel Fernandes (violoncelo) e Teresa Doutor (piano) (0€)
  • Dia 31, às 18h00, no Convento dos Cardaes (Rua do Século, 123), Dupla Missa: Missa a seis vozes op. 44, de Valentin Villard e Missa para coro duplo a capella, de Frank Martin, por Les Vocalistes Romands, dirigidos por Renaud Bouvier (10€ a reverter para a benemerência desenvolvida pelo Convento dos Cardaes)
  • Dia 31, às 21h30, no Ateneu Comercial de Lisboa, Rua das Portas de Santo Antão, nº 110, recital, por Teresa Pereira (violoncelo) e Paulo Oliveira (piano) (10€)
  • Dia 1 de Junho, às 16h00, na Basílica do Palácio Nacional de Mafra, concerto a seis órgãos (3 €, reservas: 261 817 550)
  • Até dia 2 de Junho, no El Corte Inglês (Ponto de Informação, Piso 0), inscrições (grátis) para o curso História da Europa (por Lourenço Pereira Coutinho; 8 sessões, às 15h30 de segundas e quartas, com início a 16 de Junho) (www.elcorteingles.pt)
  • Dia 3 de Junho, às 15h00, no Museu Gulbenkian, Os Lugares da Arte: Arte islâmica – a harmonia da cor (5€)
  • Dia 3 de Junho, às 18h30, na Casa Fernando Pessoa, Livros Difíceis: Rayuela, de Julio Cortázar, por Cláudia Clemente (0€)
  • De 4 a 6 de Junho, no no Salão Nobre do Palácio Azurara, Museu de Artes Decorativas Portuguesas/ Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva, colóquio Luso-Brasileiro: A Casa Senhorial em Lisboa e no Rio de Janeiro (sécs. XVII, XVIII e XIX). Anatomia dos Interiores, (0€, inscrição prévia: 218 814 695, ou casa.senhorial.lisboa.rio@gmail.com.)
  • Dia 6 de Junho, às 18h30, na Culturgest, ciclo Portugal – Propostas para o Futuro, conferência: Que fazer com os Fundos Estruturais no período de 2014/2020?, com Elisa Ferreira, João Ferrão, José Mariano Gago e José Manuel Félix Ribeiro (moderador) (senhas a partir das 18h00, com transmissão em http://www.culturgest.pt/)
  • Dia 7 de Junho, das 18h00, às 23h00, na zona do Príncipe Real, Noite de Literatura Europeia (a França apresenta leituras de L’Amant, de Marguerite Duras, por Patrícia Adão Marques, no pátio do Poison d’Amour!)



Não deixe de consultar a matriz de exposições (clicando aqui pode descarregar ficheiro Excel).





Sem comentários: