04/02/11

As dívidas devem ser honradas, excepto quando o dinheiro é devido aos trabalhadores


O post de Dean Baker começa mais ou menos assim:
As dívidas devem ser honradas, excepto quando o dinheiro é devido aos trabalhadores. Esta parece ser a lição que os líderes da nossa nação estão a tentar enfiar-nos na cabeça. Segundo o New York Times, membros do Congresso estão nos bastidores a cozinhar uma lei que permita aos Estados declarar falência. De acordo com o artigo, o objectivo principal da falência dos Estados é permitir-lhes que entrem em incumprimento quanto às suas obrigações relativas às pensões. Isto significa que os Estados poderão dizer aos trabalhadores, inclusive aos já reformados, que estão com azar. Professores, agentes da polícia de trânsito e outros funcionários, alguns dos quais trabalharam décadas para o governo, serão informados que o seu contrato já não significa nada. Que já não irão receber as pensões que esperavam.
Vale a pena ler o texto na íntegra. Vem no Real-World Economics Review Blog, no post Debts should be honored, except when the money is owed to working people.

Fica à reflexão de quantos achem que merece o esforço.

Sem comentários: