08/09/10

não é um centauro, prezado autor: é o problema da agregação!


Sombras na caverna:
«Lembro-me de, em tempos mais heróicos, imaginar um centauro a dirigir a economia, provocando com a sua parte equídea toda a irracionalidade que é patente aos olhos de toda a gente.»
José Ames, no Persona

Sem comentários: