06/05/14

um sinal positivo de Bruxelas.


Bruxelas percebeu finalmente a natureza termonuclear da situação que se vive em Portugal.
Pelo menos podemos ter essa esperança, lendo a nota de imprensa que anuncia a nova chefe da representação da Comissão Europeia em Portugal:
"Desde novembro de 2011, Maria d'Aires Soares desempenhou, como funcionária da Comissão destacada no interesse do serviço, a função de Chefe do Departamento Finanças e Orçamento no ITER (Reator Termonuclear Experimental Internacional) em Cadarache, França."

Na realidade, Portugal está a passar por uma experência termonuclear de grosso calibre.

2 comentários:

Jaime Santos disse...

He, he, he, no worries, a piadola na comunidade dos Físicos é que a energia termonuclear (aquilo que o ITER vai gerar) é a energia do futuro e sempre o será :-D... É um pouco como as metas traçadas por este Governo, com o selo de aprovação de Bruxelas... A Senhora vai concerteza fazer um excelente trabalho...

Porfirio Silva disse...

Claro !