07/09/11

procuro central de comunicação que, por bom preço, me mantenha actualizado para não ter de aturar o MN.


Um elemento essencial do meu post "o guião" era uma notícia, que entretanto foi desmentida. O caso das facturas do IDP terá, então, ainda de ser esclarecido.
Isso não tira nada ao resto do post: no caso da Parque Escolar, o ministro Crato está a tentar enlamear os seus responsáveis, usando o método de anunciar uma auditoria, quando poderia esperar pelo Tribunal de Contas, que já está a verificar se aconteceu alguma coisa estranha ou não. Mas, para a política de implosão do ministro Crato, o calendário tem de ser apressado, daí o anúncio da auditoria. Afinal, talvez também poupasse dinheiro se esperasse pelos resultados do Tribunal de Contas...
Que eu ainda não tivesse visto a notícia desmentida - e, portanto, não tivesse corrigido o meu post - não devia autorizar extrapolações apressadas, como esta. Não sei se o Miguel Noronha passa o dia todo a ler notícias ou desmentidos, podendo assim estar sempre na linha da frente das actualizações. Eu não posso, nem quero, fazer isso: tenho mais que fazer. Não sendo, tão-pouco, alimentado por qualquer central de comunicação, escapam-me alguns desenvolvimentos de coisas que me interessam. Fazer teorias à la Noronha por tão pouco... enfim, é um estilo - que, certamente, vende mais que o meu.

1 comentário:

Anónimo disse...

dificilmente levarei a serio algo que venha do IDP (quer seja ela instituto do desporto de Portugal ou instituto democracia Portuguesa), neste caso com o "campeão"
Baganha, militante cavaquista puro...agora podem dizer o que quiserem, já lá estão sentados, até fazem comunicados para a Lusa.