22/06/10

Marco António está cheio de razão


Marco António desmente negociações com o Governo sobre portagens nas Scut
.

Marco António é que é sábio. Dado que se vislumbra uma possibilidade de secessão "do Norte", dada a tremenda injustiça de só haver portagens pagas no Norte, como toda a gente sabe (acho que há tipos que pensam que a passagem da Via Verde é um canal especial para passarem os sulistas sem pagar), é preciso evitar qualquer coisa que pareça negociar. Do que estamos a precisar é, primeiro, igualdade (o pessoal do Norte também deve poder passar nos tais canais especiais onde se passa na acelera, parece que sem pagar) e, segundo, confronto. Claro que, para o futuro do país, as Scut são o mais decisivo. Saúde ou segurança social, comparados com portagens que não existem em mais lado nenhum em toda a extensão do território nacional, são temas irrelevantes e que. obviamente, não merecem sequer uma pequena insurreição.

(Declaração de interesses: eu também sou do Norte. E, em Lisboa, pago para ter o carro estacionado à porta de casa. E não me convém nada a secessão do Norte, pelo incómodo de depois ter de passar fronteiras para ir a casa dos pais e dos irmãos, nomeadamente. )

Sem comentários: