20/03/12

vinho velho em odres velhos. (um título escolhido para evitar falar de vinho verde)




O título diz que o advogado confirma que JS pediu dinheiro.
A notícia diz que o advogado disse que uma terceira pessoa disse que JS pediu dinheiro.
Quem fez o título, ou quem fez a notícia, ou ambos, habitam no bairro da ignorância do português.
Ou no bairro dos aldrabões praticantes.
Ou na fronteira entre esses dois bairros.
Se eu lhe disser, leitor@, que tem de me passar para a mão um milhão de euros, porque Diana Ramos me exige essa maquia para não publicar notícias falsas sobre si num pasquim influente, isso fará prova de que Diana Ramos lhe anda a extorquir dinheiro? Ou fará prova, apenas, de que eu lhe estou a pedir grossa maquia desculpando-me com Diana Ramos?

Certa imprensa faz muito pior ao país do que o PR que temos.
E isto não é um elogio ao PR que temos.

E esta imprensa ainda é capaz de pedir a criminalização da política.

2 comentários:

Jaime Santos disse...

Pedem a criminalização da política ou muito convenientemente pedem a criminalização de certos políticos e (apenas) de certas vertentes ideológicas (como tem sido a crescente tentativa de criminalizar o keynesianismo)? Estão estes senhores apenas a tentar fazer jornalismo rasca e a vender jornais, ou servem eles interesses que são tudo menos ocultos (os dos seus patrões)?

Porfirio Silva disse...

Jaime, são boas perguntas - que contêm respostas, pois.