27/04/12

robôs cá da casa.


Robôs de salvamento (em manobras).


2 comentários:

Jaime Santos disse...

Olá Porfírio, Gostava de perceber qual é o grau de autonomia desta máquina. É completamente autónoma e capaz de tomar decisões, ou existe um grau de controlo remoto por um operador, como é comum em máquinas que se devem deslocar em meios perigosos para assistir em tarefas de salvamento?

Porfirio Silva disse...

Este (Raposa) não é autónomo, de todo. É um robô de salvamento e é operado pelos humanos. Aqui o ponto é que ele consiga chegar a sítios difíceis, faça manobras complicadas e seja "os olhos" do operador humano. Em resumo: autonomia de decisão, nenhuma.