06/06/13

O elogio de um animal portentoso.


Durão “é um trunfo largamente por explorar”, afirma o chefe da diplomacia de Santana Lopes.

O elogio de um animal portentoso: uma mistura de centopeia e de camaleão, que levou para a Comissão Europeia o que há de pior em Portugal. Nomeadamente, o servilismo de quem devia defender o interesse comum e se agacha face aos grandes, sem medo das curvas; e o controlo partidário-pessoal da administração, sem noção visível de "interesse do serviço" e manifesta noção do "interesse do patrão". E sempre com os olhos todos apontados ao próximo "job". Mas continua a espalhar megafones da sua campanha pessoal para qualquer emprego novo, por todo o lado, literalmente.

1 comentário:

Anónimo disse...

Sendo eu uma mulher de pouquíssima fé acredito, contudo e por nada..., que o sr. cherne não conhecerá proximamente o aniquilador desemprego.
Mas isto sou eu que devo andar com fézadas a mais e fé a menos.

Dri