24/03/14

os privilégios de Sócrates.


O mundo continua injusto. José Sócrates é o único comentador de política na televisão portuguesa que tem direito a um "grande jornalista" a fazer o pino em directo para abrilhantar o seu argumento. Um grande elogio, enquanto outros comentadores só têm direito a parceiros que se limitam a abanar a cabeça. Quem não soubesse tratar-se de mais um privilégio oculto concedido a Sócrates, poderia pensar estar perante uma tentativa de assassinato (político) em directo.


(José Rodrigues dos Santos a consultar os seus arquivos para fazer uma entrevista-surpresa a um comentador incómodo para o governo.)

2 comentários:

Ricardo António Alves disse...

Terão de tentar arranjar bastante melhor do que aquela vergonha de ontem.

Jaime Santos disse...

Não vi ainda a 'entrevista', foi retirada do 'Youtube' pela RTP (!) e não a consegui encontrar no site da própria RTP (pode ser inépcia minha). Mas parece-se que Rodrigues dos Santos terá feito um favor a Sócrates, como salienta Seixas da Costa. Todos estes programas de comentário têm o formato do 'moderador babado com o brilhantismo do comentador', a começar pelo primeiro do género, feito muito naturalmente ao Prof. Marcelo (mesmo assim, que saudades das farpas gentis de Maria Flor Pedroso). Não tendo Sócrates a graça de Marcelo, torna-se difícil de concorrer com o Professor (embora eu pela minha parte esteja farto das graçolas de Marcelo). Assim, dá mais pica... Ele precisa de um modelo adversarial que o faça abandonar a cassete. Sócrates é mais inteligente do que isso. A sua entrevista de regresso foi penosa de ver...