07/10/10

quando há órgãos de soberania que se organizam em sindicatos há coisas que não nos deviam espantar (*)


«António Martins, presidente do sindicato dos juízes, é hoje entrevistado pelo Diário Económico. No fundo, para dizer que os juízes recorrerão a todos meios ao seu dispor para procurar impedir a redução dos seus vencimentos. Já o fizeram no passado, quando o fisco quis tributar em IRS o subsídio de habitação atribuído aos juízes (e também aos magistrados do Ministério Público), tendo-lhes sido dada razão… pelos tribunais.»
Continuar a ler aqui, porque vale mesmo a pena.

(*) Modificação posterior para atender a uma crítica justa: quando há titulares de órgãos de soberania que se organizam em sindicatos há coisas que não nos deviam espantar. E se houvesse sindicatos de deputados? sindicatos de membros e ex-membros do governo? ...

Sem comentários: