22/11/14

hoje, a política.


Hoje, é preciso ter coragem para fazer política.

Hoje, essa coragem tem de ser usada para dar passos de gigante capazes de afirmar concretamente a nobreza da política. Ainda há uma política nobre e essa tem de prevalecer.

Hoje, a nobreza da política já não pode estar só nos programas, no conteúdo, nas propostas - a nobreza da política depende, agora mais claramente do que nunca, dos métodos.

Hoje, o método em política tem de passar por mais democracia (melhor representação), mais participação, mais cidadania, mais compromisso com valores, menos ruído e mais capacidade para nos fixarmos no essencial - que é o bem comum.

A política tem de voltar a ser, fundamentalmente, cidadania. Quem se assume como cidadão, não pode, hoje, desdenhar da política.


Sem comentários: