16/04/14

para que não digam que não falo da entrevista.


(15 de Abril, aí pelas onze da noite)

Fui para ouvir a entrevista do PM. Como deixei passar a hora, recorri às mordomias da box e mandei recomeçar o programa. A box deve estar estragada, porque estava a dar um tipo que parecia o PM de Portugal, mas se limitava a repetir banalidades, ao mesmo tempo que misturava passo a passo as coisas do governo do país com a mercearia das relações partidárias entre PSD e CDS. Aguentei meia hora e desliguei. A porcaria da box está mesmo marada.

1 comentário:

Carlos Nery disse...

É chato. Comprei um daqueles aparelhos de écran grande, delgadinho, disseram-me que com uma imagem excelente. Puseram-me uma dessas boxes... Sentei-me confortavelmente... Mas não é que aquilo que me é proporcionado é, estranhamente, o mesmo lixo? Telenovelas, concursos, bigbrothers, masterchefs... E, inevitavelmente, membros do governo cheios de fé na eficácia da destruição a que estão a proceder... Alguém está
interessado num televisor grande, chatinho e que, dizem, tem uma boa imagem?