26/11/13

Ucranianos lutam pela UE.

"Na Europa sem Yanukovych". Durante a manifestação pró-UE que juntou mais de 100 mil pessoas que responderam ao apelo da oposição, a 24 de novembro, em Kiev. Foto AFP.

Por cá parece que isto não interessa a ninguém, mas o jornal polaco Rzeczpospolita noticiava ontem que há quem nas ruas da Ucrânia lute contra o abraço do urso:

«Cerca de 100 mil manifestantes, que se juntaram no centro de Kiev no domingo, 24 de novembro, pediram ao Presidente Viktor Yanukovych que mude de ideias e assine o acordo de associação com a UE. (...) “Não somos soviéticos, somos da União Europeia”, podia ler-se nas faixas que os manifestantes transportavam. Alguns dos participantes na manifestação disseram ao Rzeczpospolita que “querem que os seus filhos tenham um futuro em vez de serem condenados à escravatura russa”. Segundo o diário, as manifestações de domingo foram “um enorme sucesso dos opositores de Yanukovych”.»

Ainda há quem prefira a UE. Por cá, há quem ache boa ideia dar às de vila diogo.

2 comentários:

Jaime Santos disse...

Convenhamos que o termo de comparação (a Rússia de Poutine) não é lá grande coisa...

Baltazar Garção disse...



Dar "às de vila diogo" do Euro, não da U. Europeia, penso eu de que...