07/07/13

a culpa é da Constituição.


A culpa toda disto é, afinal, da Constituição.
Se a lei fundamental, que tem essa característica insane de não deixar cada um fazer o que lhe dá na bolha a cada momento, não mandasse convidar para formar governo o líder do partido mais votado, o PR podia ter logo chamado Portas para PM. Assim teria poupado tanta "crise política" para chegar a este resultado de dar o nome a um (Passos) e a função a outro (Portas).
Tanto é certo que a culpa é da Constituição, que acho que ainda há quem suspire por Portas como "parceiro de coligação". Parece que até no PS.

3 comentários:

Anónimo disse...

«A culpa é da Constituição.» Não deve causar admiração nenhuma, Porfírio. Pelo menos desde o nascimento de Cristo que a culpa é sempre dela: chame-se Constiuição, Conceição, Benardete ou Coisinha a culpada é sempre ELA. Como é que agora haveria de ser diferente? Tché!!!
O meu país põe-me doida, ai se põe.

Dri

Porfirio Silva disse...

Claro que sim, Dri. E o Cristo, também é ela ?

Anónimo disse...

O Cristo? Acho que é ele, mas a Cristas é uma ela. Dizem, que eu cá não sei nada desses azeites:-)

Dri