19/06/13

este post podia valer muito mais que 1300 euros.




Um Presidente da República que prefere receber a pensão, em vez de receber o que lhe caberia como Presidente, e que depois vem dizer que "se criou uma cultura de proteccionismo social do Estado", merecia que lhe chamasse um nome que não vou chamar por não ter dinheiro disponível para pagar a multa.

3 comentários:

margueritasadsus disse...

Quando se acabar com as opções, estabelecendo que se recebe o vencimento do cargo que se está a exercer, ficando suspenso que se auferia anteriormente, quando deixar de haver pensões de ex-chefes de estado e ex-deputados,talvez se comece a estabeleccer alguma moralidade nas instituições. ATÉ LÁ, É FARTAR, VILANAGEM!

Jaime Santos disse...

E ainda se arriscava a ser também processado pela associação representativa das pessoas cuja ocupação coincide com o nome que gostaria de chamar a sua Exa...

Anónimo disse...

Olha quem fala, valha-me DEUS!...