17/05/13

olha a grande novidade.


Lobo Xavier diz que PSD e CDS é que forçaram intervenção da "troika".

Passo a citar, para memória futura:

«Na quinta-feira, no programa "Quadratura do Círculo", na SIC Notícias , o histórico do CDS disse que foram os partidos que agora integram a coligação governamental que forçaram a entrada das três instituições em Portugal com o objectivo de pressionar o Governo da altura, ou seja, o de José Sócrates.
Pacheco Pereira realça que este "formato foi desejado como instrumento de pressão externa para a política interna", considerando que "houve alguém que desejou e que o utilizou de forma teórica e política".
Nesta debate, tanto Pacheco Pereira como Lobo Xavier chamaram ao primeiro-ministro "aprendiz de feiticeiro".»

Estamos fartinhos de saber. Mas convém registar as devidas confissões para a acta.

2 comentários:

Anónimo disse...

Ouvi-os ontem na sic notícias e rejubilei; mas em solilóquio, apenas para os botões do meu pijama pensei «tarde piaste».

Dri

Jaime Santos disse...

Há que tirar o chapeu a PPC e a Portas, a coisa foi feita com requintes de malvadez: o PS ficou com o ónus de ainda ser o Governo (mesmo moribundo) que rubricou o ME, vinculando-o a medidas contra a sua natureza e que o fez perder votos, enquanto que os dois partidos foram para o Governo com um programa que de outra forma nunca levariam a sufrágio, prometendo ser mais radicais do que a troika (Catroga dixit). O que é mais sacana é virem agora dizer que a coisa estava mal desenhada. Pois estava, em grande medida graças a vocês, meus Senhores. O maior erro (e azar) de Sócrates foi mesmo ter aberto a porta a esta gente! Se isto fosse uma má telenovela, poderíamos dizer que o que está a acontecer ao Governo é pura justiça poética, o problema é que é bem real e há gente de carne e osso a sofrer com os desvarios da nossa Direita... E que não fique esquecido que toda a trama foi tecida com o Alto Patrocínio de Sua Exa. o Presidente da República...