13/04/13

Alberto João vai pintar 200 obras para substituir Paula Rego.




Duas centenas de obras de Paula Rego deixam Portugal.

Lê-se ou vê-se (em vários órgãos de comunicação social) e não se acredita: com a extinção da Fundação Paula Rego, a artista pediu a devolução de todas as pinturas, desenhos e aguarelas que tinha em Portugal como empréstimo à Casa das Histórias.

A extinção da Fundação Paula Rego foi mais uma consequência dos foguetes que este governo lança para fazer de conta que faz alguma coisa para lá de nos apertar o gasganete e roubar a esperança. Claro que ninguém tocou, por exemplo, na Fundação Social Democrata da Madeira: Jardim pode começar a pintar, a ver se consegue substituir as obras de Paula Rego.


1 comentário:

Anónimo disse...

Olá, Porfírio. Mas que bela ideia a sua! Afinal o artista é um grande artista popular e até já possui uma vastíssima exepriência a pintar a manta e o diabo a sete lá pelos currais. Agora é só tirar o barrete de orelhas, despir a roupa de trolha, enfiar uma bóina basca, mudar o suporte, porque como político já está para lá do suportável, e desatar a produzir obra que não seja de betão. Adorei a sua sugestão:-)

Dri