05/03/13

última hora: acordo em Londres sobre as dívidas.

Sem comentários: