27/04/12

chegou a vez de atacar os bolseiros.


Ministérios avaliam isenção de IRS a bolseiros.

Os bolseiros de investigação científica não são aumentados para aí há dez anos, não têm direito à segurança social dos trabalhadores, são precários altamente qualificados - e, se tiverem azar com os responsáveis pelas instituições que os acolhem, são pau para toda a obra sem qualquer tipo de garantias. Quando se candidatam às bolsas comprometem-se perante o Estado a respeitar uma série de regras, mas o Estado (as Finanças) viram-se agora para eles para chupar o que resta, contrariando um Ministério o que diz outro Ministério. A insegurança soma-se à precariedade, o que, como é sabido, incentiva imenso a produtividade científica. Vamos ficar a ver se o Ministro Crato vai, mais uma vez, assobiar para o lado.

Sem comentários: