23/04/12

Câmara Corporativa.


Faz hoje uma semana que o mais odiado dos blogues deixou de ser actualizado. Sendo o blogue que era, não há dois diagnósticos possíveis. E terapia, nenhuma. Foi, sem dúvida, um fenómeno. O "Corporações", mais o "Miguel Abrantes", foram/são um caso. Que será estudado. Um ponto que haverá de ser esclarecido é este: que comunicação social temos nós neste país para se dar o caso de um blogue ter tido o papel que teve o Câmara Corporativa. Os candidatos a estudiosos do fenómeno não se esqueçam de ir lá registar a evolução da longa lista de comentários ao último post, que é uma espécie de sobrevivência para além da morte: o corpo já não mexe, mas andam bichos a roer-lhe nas entranhas indiferentes. E o Pedro Adão e Silva é que ficou na montra!


R.I.P.




2 comentários:

Jaime Santos disse...

A que se refere? Sera que o Miguel Abrantes e colegas foram contratados pelo Governo para substituir no 31 da Armada todos aqueles que subiram a assessores nos Ministerios? Ou sera que se limitaram a arranjar um emprego normal? Se for este o caso, bem isso so abona em favor deles em relacao aos outros...

Porfirio Silva disse...

Jaime, não me "refiro" a "nada". Ou melhor, apenas ao que todos podem ver: está parado, quedo, mudo, silente. E isso nota-se, não é?