15/03/12

a galinha de Russell.


Bertrand Russell:

"E estas associações não se confinam ao homem; sabe-se que nos animais são também fortíssimas. Se acaso um cavalo, por exemplo, seguiu muitas vezes por um certo trâmite, ele opõe resistência a que o levem por outro. Os animais domésticos esperam comida quando vêem a pessoa que costuma dar-lha. Estas toscas expectativas de uniformidade, sabemo-lo bem, encontram-se sujeiras a decepção. O homem que regularmente alimenta o frango acaba um dia por lhe torcer o pescoço, mostrando quão útil seria ao frango o alçar-se a teorias de maior subtileza acerca das uniformidades do Universo. (...) Releva distinguir, por consequência, entre o facto de que as uniformidades passadas nos causam expectativas quanto ao futuro – e o problema de saber se há motivo razoável para atribuirmos valor às expectativas, desde o momento que se levantou a dúvida acerca da respectiva validade."
Bertrand Russel, in Os Problemas da Filosofia (1912), capítulo VI, sobre a indução

Pergunta: até que ponto o problema da incerteza forte (à la Frank Knight) deve ser entendido como um problema derivado do problema da indução?

Sem comentários: