27/03/12

física da sociedade.



Murray Gell-Mann, Prémio Nobel da Física em 1969 pelo seu trabalho sobre a teoria das partículas elementares, afirmou um dia: "Imagine o quão difícil seria a física se os electrões pudessem pensar".


Fonte: Scott E. Page, “Computational models from A to Z”, in Complexity, 5 (1999), pp.35-41

2 comentários:

Jaime Santos disse...

O comportamento de agentes racionais e bem informados seria completamente previsível em média, é nessa crença que se baseiam os modelos de economia neo-clássicos. A dificuldade está quando a irracionalidade entra na equação, se me permite o trocadilho. Como alguém disse, a vantagem das chamadas 'Ciências Duras' é que se debruçam sobre sistemas que são suficientemente simples para puderem ser sujeitos a modelização matemática... A dificuldade das Ciências ditas Sociais é que não existe uma equação preditiva para os comportamentos, pelo menos para já, apesar de não faltarem tentativas... Eu, pessoalmente, não acredito que isso possa alguma vez acontecer, mas as ilusões mecanicistas do séc XIX, que deram origem a muitas asneiras, continuam bem vivas na mente de muitos ditos progressistas...

Porfirio Silva disse...

Jaime, as ilusões continuam vivas... mas são ilusões. Precisamente.