20/03/12

artefactos de opinião.



Há ferramentas para saber a opinião das pessoas, ou de certas categoria de pessoas, sobre certos assuntos. Estudos de opinião, sondagens (numa lista que eu não me atrevo a fazer, por não saber ser rigoroso aí).
E depois há coisas que parecem fazer de conta que o são, sem o serem (mesmo sem sequer reivindicarem que o são). Essas "coisas" são, contudo, de alguma serventia. Por exemplo, se um jornal faz um inquérito às intenções dos seus leitores aderirem ou não a uma greve geral, isso não ensina nada sobre a adesão a esperar à greve geral. Mas ensina sobre os leitores desse jornal. O que não deixa de ter o seu interesse.

Sem comentários: