13/02/12

figuras políticas com crédito.


Queremos figuras políticas com crédito, pela sua inteligência, pela sua verticalidade, pela capacidade de pensar de forma independente, por terem princípios, por serem bem formadas e terem educação, por terem competência técnica em algum domínio relevante.
Queremos, não queremos?
E, para quê?
Para, na primeira oportunidade, gastarem o crédito a proteger o chefe, sentando-se em cimas das granadas. Ou, mais grave, abafando o escrutínio.
Se os políticos com crédito só servem para gastar o crédito na primeira oportunidade, estamos tramados.

Como é o caso neste caso: Assolução Esteves.


Sem comentários: