08/12/11

um problema quase de neurociência.


O barulho todo em torno da charla de Sócrates em Paris, incluindo o regresso do fantasma do MNE, parece ser para evitar que se veja na íntegra o tal objecto escabroso. Querem que só ouçamos uma frase. Concentram-se numa frase. O ruído todo é sobre uma única frase descontextualizada. Mas o problema dos propagandistas não é essa frase. O problema deles é todo o resto da charla. O problema que têm é a memória, porque sabem que a memória de curto prazo apaga-se rapidamente, o que vai ficar é a memória de longo prazo. E "eles" sabem que a memória de longo prazo não vai acolher as suas diatribes correntes.

Sem comentários: