06/11/11

crónicas da vida animal.


A brasileira "Veja", na edição desta semana (suplemento para o Rio), trazia a notícia: moradores do bairro de Ipanema, um dos mais "bem habitados" da cidade, manifestaram-se contra os planos de construção de uma nova estação de metro na sua zona. Pretexto frontal: vão derrubar árvores. Razão mais profunda, mas contada mais à boca pequena: com o metro, chegará gente "diferente". Ou seja: habitantes de um bairro "bom", ou "bem", estão contra a expansão da rede de metropolitano para manterem um elevado nível de segregação espacial. Apesar de os estudos demonstrarem que, em todo o lado, a proximidade do metro valoriza a propriedade, além de promover a mobilidade sustentável. Mas há quem pense primeiro em termos de jaulas de um zoo humano.
Que mundo.

Sem comentários: