26/10/11

o iPad, o iPhone e o iPod como argumentos contra o aborto?


Um argumentos contra a possibilidade legal de interrupção voluntária da gravidez. Sim, não pode ser um argumento contra a IVG, porque ninguém defende a IVG, ninguém deseja a IVG, apenas há quem defenda que, em certas circunstâncias ela deve poder ser decidida por certas pessoas directamente envolvidas na situação concreta. Aquele texto a alinhar o defunto Jobs no debate é, simplesmente, um dos argumentos moralmente mais aberrantes que já me foi dado ler. Será que, para alguns "defensores da vida", o valor de uma vida se pesa pela quantidade de coisas boas que ela nos dá a ver? Será?

Sem comentários: