17/09/11

para que não digam que não cito Passos Coelho


A declaração citada é de Novembro de 2010, mas certamente que um homem de estalo (perdão, Homem de Estado) não muda de opinião em tão pouco tempo.


(Shyznogud, desculpa o roubo, mas é uma boa síntese de coisas que se andam a passar e acerca das quais não tenho tido tempo para escrever.)

2 comentários:

V disse...

Bem quanto ao Eurobonds ele tem sempre aquela de ter que fazer cortes na despesa e o povo não os aceitar de outra forma, agora quanto às bananas é difícil descascar-se...

Ruaz disse...

As verdades são frutos que apenas devem ser colhidos quando bem maduros
Acho que é Voltaire ,ou qualquer um assim