06/09/11

os milagres têm uma tendência persistente para não acontecerem.


Quem acredita na política bem feita (informada, participada, séria, concertada) não precisa de acreditar em milagres. Acredita antes em outras virtudes cívicas. Escrever assim é uma virtude cívica: O "milagre sueco" não aconteceu, por Hugo Mendes.

Sem comentários: