06/09/11

forte apache.


Não tenho nada contra blogues que defendam ideias muito diferentes das minhas. Nem sou pessoa de começar a disparar contra um blogue novo só por causa de peripécias risíveis na sua genealogia. Mas, confesso: a ideologia implícita no título Forte Apache, já para não falar na estética com que se apresenta, afastam-me instintivamente daquele espaço. Há muitos muitos anos que passei dos livros de cowboys para bandas desenhadas menos maniqueístas. Também por razoes estéticas.

6 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Há uma confusão generalizada na blogosfera sobre a origem do blog Forte Apache, Porfírio.
Como defendo lá no meu cantinho, não radica no western, mas sim no nome de uma favela de Buenos Aires, nascida durante a ditadura argentina. Eles enganaram-se na fotografia...

Porfirio Silva disse...

Carlos, acho que olhando para a estética do blogue se percebe o que quero dizer. É bastante mais imediata, apesar dos vídeos refinados com que a ideia foi apresentada.
De qualquer modo, agradeço por deixar aqui esse aclaramento.

jpt disse...

rais parta a "bloguice" que prá aí anda ... mas reduzir os grandes westerns a "livros de cowboys" maniqueístas fica como exemplo-mor da tralha que se multiplica. Apague o post, que maus momentos todos temos

Porfirio Silva disse...

jpt,

Não apago posts, não é o meu estilo. Se tiver que emendar a mão, ou pedir desculpa, faço isso. Apagar, não. Neste caso, também não vejo razão para pedir desculpas a quem quer que seja, como já expliquei no próprio Forte Apache.
Quanto ao resto: "tiros" para designar posts, "duelos" para comentários cruzados, índios e cowboys, a própria ideia de bravura e fronteira de um mundo novo... é todo um cenário. Não é isso que faz um bom blogue ou um mau blogue, mas tenho o direito de não achar estimulante como estética. E, sim, de achar que, no essencial, é uma estética redutora. Os grandes westerns são a ponta do icebergue, mas partilham essa cultura.
Pode discordar-se neste ponto? Posso até estar errado? Sim e sim. Mas isso não pede nenhum arrependimento, muito menos apagar um post.

jpt disse...

Compreendo que não apague posts. Mas neste caso não se trata de pedir desculpas. A minha "coisa" nem é por causa dessa trica generalizada sobre o blog que nasceu, o que morreu, e a luta que para aí vai (é até ridículo). É mesmo o "deitar fora" dos westerns que V. colocou aqui - não se justifica. Divergimos nisso.

Porfirio Silva disse...

Percebo.
Contudo: (1) não participei em nenhuma trica sobre o blogue Forte Apache;
(2) há uma diferença entre a qualidade de certos filmes e o imaginário de que fazem parte (tal como o Laranja Mecânica é um grande filme, sendo pestilenta a realidade que retrata, também há westerns que são filmes interessantes, sem deixarem de ter um imaginário partilhado com filmes e livros de cowboys - e esse imaginário não representa para mim um atractor).