30/09/11

filosofia da Inteligência Artificial.


Ora aqui está uma ordem de razões central para explicar os fracassos (e os sucessos?) da Inteligência Artificial: uma errada concepção do papel da lógica no mundo e no pensamento.

.

Excerto de Wittgenstein (1993), de Derek Jarman.

(Roubado à Ana Paula.)

3 comentários:

Jaime Santos disse...

Não será antes porque a natureza precede a razão, enquanto a filosofia de alguma forma sempre defendeu o contrário? A nossa capacidade de pensar de forma lógica e abstracta é afinal um sub-producto de um processo evolutivo e não de um qualquer grande plano destinado a criar uma máquina pensante capaz de passar o teste de Turing...

Ana Paula Sena disse...

É um pouco optimista, talvez, mas eu imagino um futuro onde estes problemas permitirão alcançar sucessos.

Porfirio Silva disse...

Ana Paula, acredito mais em caminhos alternativos que andam a ser traçados.