21/07/11

Não somos iguais até termos tirado a pele uns aos outros.


Tínhamos chegado à Jamaica, três emissários da Convenção Francesa. Os nossos nomes: Debuisson, Galloudec, Sasportas. A nossa missão, uma revolta de escravos contra a soberania da coroa britânica em nome da República de França. Que é a pátria da revolução, o pavor dos tronos, a esperança dos pobres. Na qual todos os homens são iguais sob o machado da justiça. Que não tem pão para aplacar a fome às massas, mas mãos em número suficiente para levar o estandarte da liberdade, igualdade, fraternidade a todos os países. Estávamos na praça junto ao porto.


RECORDAÇÕES DE UMA REVOLUÇÃO
um espectáculo de Mónica Calle
a partir de "A Missão" de Heiner Müller

com
Mário Fernandes, Mónica Calle e René Vidal

de 21 a 31 de Julho de 2011
todos os dias - sessões duplas (20h e 22h)


“Os mortos estão em esmagadora maioria relativamente aos vivos.”
(in Dezanove respostas de Heiner Müller – Perguntas colocadas por Carl Weber, 1984)
























Casa Conveniente
Rua Nova do Carvalho, 11 (ao Cais do Sodré) - Lisboa
info / reservas: 96 3511971 e 91 7705762

As fotos são de Bruno Simão. (A primeira, acima, é um detalhe de uma foto original.)

Sem comentários: