07/07/11

liberdade de imprensa e outras liberdades


News of The World fecha depois do escândalo das escutas.
Continua o Público:«O grupo que detém o tablóide britânico News of The World anunciou esta tarde que o jornal vai acabar depois do escândalo das escutas abusivas. James Murdoch, filho do magnata Rupert Murdoch, revelou que a edição do próximo domingo será a última deste jornal, justificando que o escândalo não só tirou prestígio ao jornal como a publicidade caiu.»

Pois, o aborrecimento foi ter caído a publicidade. Caso contrário, continuava tudo na mesma marmelada, é isso?

(Ai, se por cá calha haver investigação de certas coisas, com sorte também escassearia a publicidade para certos meios. Mas isto sou eu a deambular.)

Sem comentários: