09/05/11

a resposta finlandesa



Não sou nada adepto de nacionalismos, mas acho normal um positivo orgulho nacional. Não vejo grandes razões para algumas críticas que por aí andam ao vídeo "de Cascais para a Finlândia", embora pudesse ter mais destinatários. Ou destinatários mais específicos. É uma forma de lembrar alguns factos que, se calhar, mesmo a alguns portugueses esquecem. E não me parece que seja ofensivo para os finlandeses. Entretanto, a resposta finlandesa ao vídeo português é fraquinha. Em particular, é mais curta. É natural: eles andam por cá, como país, há muito menos tempo. E, na verdade, fizeram menos coisas verdadeiramente grandes. No todo, os dois vídeos são uma boa peça de conversa intra-comunitária, se calhar mais eficaz do que muita propaganda oficial.







Sem comentários: