21/04/11

o bom povo português, ah ah


Nada vou dizer sobre os valores que a sondagem publicada pelo Diário Económico dá aos partidos. Há muito ainda por discutir, isso é que conta de momento. Não resisto é a registar o espectacular resultado que Cavaco Silva consegue com todas as suas tropelias. Bem merece, ele que é o principal responsável por esta crise. Foi ele que deu ordem para avançar, com os discursos assassinos que fez.


Em 124 meses de barómetro da Marktest, é a primeira vez que o saldo da imagem do Presidente é negativo.

«Pela primeira vez desde Janeiro de 2000 (124 recolhas mensais) um Presidente da República tem um saldo negativo de popularidade num barómetro da Marktest. Por outras palavras, nunca como neste mês de Abril um Chefe de Estado teve um número de opiniões negativas superior às opiniões positivas. No mês de Abril, 47% dos inquiridos pela Marktest disse ter uma opinião negativa de Cavaco Silva, face aos 35% que responderam em sentido contrário, o que dá um saldo final de -11%.»

2 comentários:

MFerrer disse...

Isto, caro Porfírio, cá se fazem e cá se pagam!
Antigamente, aos traidores e aos oportunistas estava reservada a defenestração.
Esse cavalheiro já assegurou para si um papelão no caixote do lixo da história!

aires disse...

poor kavacu...

passu maior que a perna
dá nisto...

e em ser admoestado publicamente
pelos novos Cesares da Europa

para se manter calado ou ao menos reservado...

poor kavacu...

na sua megalomania saloia

achu já nem percebe o que lhe está sucedendo...

abraço