05/12/10

Pedro Passos Coelho é um político realista


Só pede o que sabe que pode ter.

Pede "Um futuro Governo de mudança precisa de mais do que um partido" só porque sabe que já o tem: Assembleia da Madeira vai requerer a inconstitucionalidade do Orçamento.
Se tomar partido é tomar posição, o PSD já tem partidos que cheguem para a tal coligação. Não falo de tendências, nem sequer de sensibilidades: falo de haver grupos dentro do grupo parlamentar a prometer e a fazer coisas diferentes. Em relação a matérias estruturantes da governação, como o orçamento de Estado.

Sem comentários: