26/11/10

a propósito de criminalização da política

Sem comentários: