16/11/10

a Europa a duodécimos


Às primeiras horas da madrugada de hoje falhou, por desacordo entre o Parlamento Europeu e o Conselho, o processo de conciliação para aprovar o orçamento comunitário para o próximo ano. Agora, a Comissão Europeia vai ter de apresentar nova proposta. A "repetição" do processo pode durar vários meses; até lá a UE viverá em regime de duodécimos. Um assunto a seguir: a polémica não era tanto sobre os montantes, mas sobre quem manda no dinheiro dos contribuintes. O Parlamento quer ter uma voz na política orçamental, os Estados (pelo menos alguns) acham que são eles que mandam no dinheiro que os Estados entregam à União. Lá, como cá, a crise não pára a política.

Sem comentários: