19/10/10

memória curta


França e Alemanha querem suspender direitos políticos de países com défices.

A Alemanha fala grosso. E a França esganiça-se o que pode para dar a ideia de que o eixo franco-alemão ainda tem alguma ideia na cabeça. Mas qualquer desses Estados-Membros, quando entrou em incumprimento, não vão ainda muitos anos, fugiu com o rabo à seringa e manobrou politicamente para não levar o puxão de orelhas com que agora estão sempre a querer brindar os outros. Parece é que já se esqueceram disso.

Sem comentários: