30/09/10

quando a manta é curta...


... tapa-se a cabeça e destapam-se os pés.

Moodys baixa rating da Espanha devido à fraca perspectiva de crescimento.

Se a austeridade der este resultado - pode não dar? - veremos como a manta é curta. A menos que se comece a pensar noutros termos. Que tal um "contrato nacional para o crescimento sustentado"? - para não lhe chamar "pacto para o emprego", que já está no programa de governo mas tem sido preterido pelas circunstâncias e pelas vistas curtas.

Sem comentários: