29/07/10

serviço combinado com a CP


Francisco Clamote, no Terra dos Espantos:
Se, ao fim de seis anos, que tantos durou a investigação, os procuradores responsáveis pela instrução do processo Freeport (Paes de Faria e Vítor Magalhães) acharam por bem referir, no despacho que encerrou a instrução, que havia interesse em ouvir José Sócrates, e que a diligência que só não foi realizada por falta de tempo, uma conclusão se impõe: estes procuradores não se importam de passar por idiotas. Digo "passar por", porque, em boa verdade, o que eles escrevem é pura idiotice, mas eles idiotas não são. Pelo contrário, vendo o seguimento dado pelo "Público" ao assunto, tudo indica que estamos perante um serviço combinado para que a campanha caluniosa não chegue aos "finalmente".
Na íntegra: Os "idiotas" de serviço.

A hipótese não estranharia, pensando em outras coisas que se têm visto: há pessoas, dentro do aparelho judicial, que escrevem certas coisas nas suas papeladas muito oficiais, por muito tolas que pareçam, com um único fito: serem citadas por certos "jornalistas". Quizás, quizás, quizás.

4 comentários:

Francisco Clamote disse...

Obrigado, Porfírio, pela citação. Abraço.

visaodaestrelavermelha disse...

Pois é ... Cá estou eu a dizer mais umas coisas ... Nos Tribunais é um forrobodó. Recebem um dinheirão a fornecer fotocópias dos processos em segredo de justiça, os processos andam de mão em mão ... Alguns vão parar à redacção dos jornais amigos - a troco de milhões ... Os Senhores Procuradores insinuam, insinuam ... A Com. Social, a tal ... noticia e a praça pública se encarrega de condenar ... Lá diz o provérbio : Cada cabeça sua sentença ... Os Sindicatos se calam, encobrem-se uns aos outros ... Querem é defender os seus direitos - aliás bastante tortos ...

visaodaestrelavermelha disse...

Há pouco, fiz o meu comentário que considero mais justo do que algumas das sentenças dos nossos tribunais.

Porfirio Silva disse...

Será mesmo, visaodaestrelavermelha?