12/06/10

a memória incomoda muita gente


O Câmara Corporativa, volta e meia, lembra as flagrantes contradições que representam as declarações de certos responsáveis políticos. Assim do género mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo. Alguns, incluindo comentadores que lá vão, não gostam. Só posso dizer: Caro Miguel, ainda bem que alguém tem memória e a usa, como fazes. Não apenas por a memória incomodar uns comentadores que gostariam que só nos lembrássemos de ontem e já nada soubéssemos de anteontem. Mas também por isso. A memória é essencial à civilização. Sem essa memória profunda e organizada seríamos, colectivamente, como uma colónia de insectos sociais. Assim, tipo formigas.

Sem comentários: