19/05/10

o princípio da realidade


Paulo Pedroso, no Banco Corrido, fala dos problemas que temos
«enquanto nenhuma força da esquerda à esquerda do PS se converter à visão europeia do país e nela não emergir nenhum equivalente português de Joschka Fischer.»
E dá nomes aos bois:
«Seguramente não irá a esquerda a lado nenhum enquanto os interlocutores do PS forem aqueles que vivem sonhando com o momento mítico em que ultrapassarão os socialistas cá dentro e em que haverá lá fora uma Europa neosoviética ou anticapitalista e alterglobalizada.»
A ler tudo.

Sem comentários: